Nossos Cantores

 Zoe Clare Ramsden e Danilo Stollagli tem desenvolvido com êxito diversos eventos  músicais para instituições publicas e privadas no Brasil e no exterior. 

Zoe Clare Ramsden
soprano

Nascida em Manchester Inglaterra, Zoe começou seus estudos de canto aos 14 anos, e já aos 15 anos ganhou o segundo prêmio no concurso “BBC Choirgirl of the year - 1995”. Neste mesmo ano ela integra o prestigioso National Youth Choir of Great Britain.

Em 1998 inicia seus estudos , onde obtém seu bacharelado em canto, assim como o Diploma de Pós-graduação, estudando com Honor Sheppard e Susan Roper.

Em Manchester, Zoe interpreta os papéis de Rapunzel em Into the Woods (Sondheim), Shepherdess em Hippolyte et Aricie (Rameau), Belinda em  Dido e Enéas (Purcell), e The Maid em The Ephesian Matron (Dibdin) sob a direção de Jack Edwards. Atuou também no Projeto ‘Opera Excerpts’ nos papéis de Susanna em As Bodas de Figaro (Mozart), Atlanta em Xerxes (Handel), Cockerel em Cunning Little Vixen (Janáček), Zerlina em Don Giovanni (Mozart), Phyliss em Iolanthe (Gilbert & Sullivan), Ilia em Idomeneo (Mozart) e Nannetta em Falstaff (Verdi).

Como solista em Oratórios ela interpreta  Magnificat (Pergolesi), Magnificat e Paixão segundo São Mateus (Bach), Te Deum e Messe de Minuit (Charpentier), Requiem de Fauré, Octagon Psalms (Hÿtch), Armed Man (Jenkins), Cantata de Natal (Bach), Missa Brevis (Haydn) e Dixit Dominus (Handel).

Em 2004 ela canta O Messias com a City of Birmingham Symphony Orchestra, sob a regência  de Simon Halsey, a Cantata BWV 61 de Bach e Lutheran Mass em Sol com William Byrd Singers.

Neste mesmo ano ela ganha Primeiro prêmio no concurso John Ireland Competion.

Em 2004 Zoë faz seu debut na França interpretando Amor em Orfeo e Euridice de Gluck. Desde então ela se apresenta regularmente em palcos franceses, como nos papéis de Gabrielle em La Vie Parisienne (Offenbach),  Crobyle em  Thais (Massenet), Amour em Orphée aux enfers (Offenbach) e Suzanna em As Bodas de Figaro (Mozart).

Compromissos marcantes incluem uma série de recitais em Paris em 2005, como parte das celebrações do Ano do Brasil na França.

Integrou os Corpos Artísticos do Theatro Municipal de São Paulo até 2014 e, atualmente é responsável coordenação musical e regência dos Coros do Colégio AZ Bilíngüe  e Coral Bragança na cidade de Bragança Paulista.

Danilo Stollagli
tenor

Foi Aluno de grandes mestres como: Amauri René, Helly-Anne Caran, Hermínia Russo e Benito Maresca. Em Milão/Itália, desenvolveu cursos de aperfeiçoamento em canto, música e língua italiana no prestigiado Conservatorio di Musica "Giuseppe Verdi" di Milano,  e com renomadas Mestras tais como Rita Patané e Maria Luisa Cioni (Teatro Alla Scala Di Milano). Foi integrante dos Corpos Estáveis do Theatro Municipal de São Paulo por 10 anos como tenor tendo, ainda, ocupado as funções de Conselheiro do Conselho Deliberativo da Fundação Theatro Municipal de São Paulo e Presidente da Associação Pró Theatro Municipal de São Paulo. Destaca-se em sua carreira participação em concertos; na cantata “Carmina Burana”, de C. Orff, no oratório “Colombo”, de C. Gomes; e em óperas como “Bastien und Bastienne”, de W. A. Mozart, ”Tosca”, de G. Puccini; “L’elisir d’amore”, de G. Donizetti; “Cavalleria Rusticana”, de P. Mascagni; “Il Guarani”, de C. Gomes e “Adriana Lecouvreur” de F. Cilea. Tem se apresentado em espaços como: Sala São Paulo, Theatro Municipal de São Paulo, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Centro Cultural São Paulo, Museu de Arte da Pampulha/MG, Salão Negro do Congresso Nacional/Brasília, Teatro Colón de Buenos Aires/Argentina, Real Academia de Bellas Artes de San Carlos de Valencia/Espanha; Callosa d’en Sarrià; Segorbe/Espanha, Kurhaus de Bad Schwalbach, Limburg e Wiesbaden/Alemanha. Realizou, em 2007, participação em trilhas sonoras das quais se destacam trilhas para a MTV Brasil (ID’s institucionais); para a DIESEL (trilha sonora do filme “Wild Wild East Animation” for DIESEL Fall/Winter '05 Collection, exposta em Berlin/Alemanha) e para a Editora Abril (trilha sonora para o site do Prêmio de Criatividade Jovem Editora Abril, Revista Super Interessante). Em 2008, realizou a série de concertos “Brasilianiche Nacht”, nas cidades de Bad Schwalbach e Wiesbaden (Alemanha). Em 2009, a convite do Maestro e produtor musical Ruriá Duprat e do cineasta Marcos Jorge, realizou a gravação de excertos das óperas “Tosca”, de G. Puccini e “D. Giovanni”, de W. A. Mozart, para a trilha sonora do longa metragem “Corpos Celestes”. De 2007 a 2013, integrou o corpo de solistas convidados da companhia alemã “Opera Classica Europa”, se apresentando regularmente nos festivais promovidos pela companhia em diversas cidades da Europa.

De 2015 a 2016 foi Assessor Especial da Secretaria de Coornenação da Cidade de São Paulo, atuando na formulação de politicas públicas para a cultura do município.

Atualmente, alêm de se dedicar a carreira como solista,  tem atuado como preparador vocal sendo inclusive o responsavel técnico pela preparação do Coral Bragança.